domingo, janeiro 23, 2011

( 2 ) Comentários

Meus livros velhos, velhos amigos



Já havia alguns dias que eu tentava dedicadamente terminar a leitura de um de meus mais recentes livros. Até comentava sobre ele. E isto fez com que entrassem na fila – para leitura – outros adeptos.
A leitura foi interrompida quando senti que um novo amigo deveria lê-lo também. E como certamente não teria oportunidade de dar o livro a ele quando eu terminasse, o entreguei em mãos e embarquei numa jornada para compra de um novo.
Às vezes, comprar um livro é como ter um filho. Você o procura por todos os cantos, descobre que é possível comprar apenas pela internet e põe-se a esperar a chegada do mimo. Dá até para lembrar-se da cegonha.
Enfim, comprei um novo e terminei de ler.
Há um tempo aprendi que “livro emprestado é livro dado”. Foi o que disse a minha mãe (uma das que estava na fila para ler este livro) quando a perguntei se ela queria ler antes que eu emprestasse. Ela não aceitou a oferta e acrescentou:
– Quer saber de uma? Ninguém guarda tantos livros assim. Muita gente lê e dá. Só você guarda todos esses livros.
Bom, claro que retruquei. Afinal pretendo ler novamente ou simplesmente consultá-los. Além disso, comprar e/ou esperar a chegada de alguns deles, foi um “verdadeiro parto”.

Conservação e Restauração de Livros
 
Ter livros em casa por longo tempo não é necessariamente uma tarefa fácil. É preciso cuidar deles, pois todos os livros envelhecem. No entanto, você pode determinar quanto tempo isso vai levar com algumas precauções.

Algumas pessoas costumam “colocar o livro para tomar ventilação” (pegar um ar). Essa é uma das formas mais rápidas de se estragar um livro, pois o excesso de calor e umidade, ou seja, a variação brusca de temperatura provoca deterioração do livro. Para maior duração do bem, deve-se mantê-los a uma temperatura de cerca de 20 a 20 graus e umidade relativa do ar de 55 a 66 por cento. O que, em alguns casos, vai exigir aquecimento ou resfriamento do ambiente. Cuidado com a troca busca de temperatura, os livros também suam.

Guardar livros em prateleira de madeira também não é uma boa idéia. A madeira pode favorecer a proliferação de mofos e fungos. Dê preferência à prateleira de aço. Ao limpar, utilize uma flanela levemente úmida.

Para limpeza dos livros, utilize uma trincha macia. Vá passando de página em página, levemente para não danificar. Para os cortes de volume pode-se usar um pano branco seco, uma trincha macia ou se estiverem muitos enegrecidos, uma lixa fina em movimentos suaves. Em capas de couro utilize panos secos apenas para tirar a poeira, mas apenas se este não estiver em estado de deterioração avançada. Neste momento, esteja em local arejado e tenha cuidado para não sujar as páginas internas do livro.

Caso necessário, há especialistas que realizam o trabalho de recuperação e/ou restauração de livros. Procure esses profissionais se preciso.

 Imagem Via Gartenkultur







2 Responses to " Meus livros velhos, velhos amigos "
Anônimo said :
26 de janeiro de 2011 16:33
po mano vc enventa cada uma ate com o livro coitado dele kk te dollo bjs fica com deus
Anselmo said :
1 de fevereiro de 2011 11:26
PERFECT!

Related Posts with Thumbnails

 

"O que fazemos na vida ecoa na eternidade."



 

Este blog possui atualmente:
Comentários em Publicações!
Widget UsuárioCompulsivo

Online